Com que frequência devo limpar a caixa d’água?

Ao longo do tempo, a caixa d’água pode acumular diversos microorganismos prejudiciais à saúde. Para evitar esse problema, é recomendado que se faça a limpeza periódica do reservatório a cada 6 meses ou, no máximo, uma vez por ano. É aconselhado que esse serviço seja realizado por empresa especializada, que possua o alvará da Vigilância Sanitária. Abaixo, o passo-a-passo da higienização a ser executada:

– Observar a estrutura do reservatório, buscando identificar furos ou rachaduras.

– Fechar a entrada de água e esvaziar o tanque.

– Com um pano, remover o lodo das paredes. O uso de escova não é recomendado para essa etapa, pois pode liberar substâncias prejudiciais à saúde, a depender do material da caixa d’água.

– Retirar toda a sujeira que restou no reservatório. Depois disso, enxaguar e esvaziar o recipiente novamente.

– Limpeza finalizada, é hora de encher a caixa, sem esquecer de tampá-la corretamente.

– Por fim, é aconselhado que se faça a análise bacteriológica e a verificação de potabilidade da água, a fim de certificar a eficiência da limpeza.

É importante lembrar que, a depender da situação da caixa d’água, ela deve ser prontamente substituída. A durabilidade das caixas feitas com fibra de vidro gira em torno de cinco anos. As de polietileno costumam durar mais, cerca de 30 anos. E as de aço inoxidável chegam a durar 50 anos. A conservação do reservatório, no entanto, está diretamente relacionada à correta manutenção do recipiente.



Deixe uma resposta